sábado, 22 de junho de 2013

Para derreter corações duplamente!

Dentre as coisas mais importantes da vida, ter um amigão, um parceiro daqueles de todas as horas é das coisas mais especiais. É aquele que apronta todas com você, como toddynho, seu companheiro de aventuras.
Essa dupla já é, nessa idade, uma dupla e tanto, bem como seus irmãos já o são. Uma dupla que derrete qualquer coração, com essas carinhas mais fofas do mundo e esses sorrisos largos, banguelos e fartos. Uma dupla em que, na hora de chupar o dedo, não importa muito se o dono do dedo é o mesmo dono da boca, tá tudo em casa.
É mais uma duplinha que veio encher essa família linda de alegria, barulho e bagunça, afinal, é assim que se faz uma família feliz, não é?!? Ah, e claro: muuuuuito amor!

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Com certeza, talvez e nem a pau.

De vez em quando eu tenho a sorte de aliar algumas coisas que eu amo mais que brigadeiro. O que?? Viajar, fotografar e encontrar gente querida!
Semana passada fui pro Rio, aquela cidade que me encanta e que amo demais, fotografar essa duplinha linda e amada.
Com certeza seria divertido! Talvez chovesse (e não choveu; valeu, São Pedro!). E nem a pau que o Lucas topou entrar na brincadeira de fazer meleca com o bolo!
A idéia era fazer um smash the cake, mas o gurizinho se limitou a enfiar a mãozinha no bolo e ficar com cara de nojinho-quase-desespero! Tudo bem, Lucas, o importante mesmo era a diversão e essa rolou com toda a certeza da carinha melada da sua irmã, que curtiu bastante o salvo-conduto pra melar-se toda!

terça-feira, 4 de junho de 2013

Futebol e amigos

Não importa que idade tenham, meninos tem uma atração irresistível por uma bola. E a bola tem um imenso poder de atrair amigos, seja para uma boa pelada, para um jogo de bafo com as figurinhas do campeonato, para simplesmente discutir o jogo.
O Enrique determinou que queria um aniversário apenas de meninos e bola, um por todos e todos por ela. Desejo realizado, mocinho! Aí está sua festa de amigos, futebol, brigadeiro e sem meninas. Ou quase. =o)