domingo, 24 de junho de 2012

All you need is love

E aí que um dia você conhece um carinha interessante, começa a descobrir afinidades, vai surgindo uma vontade louca de ficar junto. 
Só de pensar nela os olhos brilham, na companhia dela qualquer programa de índio se torna o melhor do mundo.
Já não tem como negar, a paixão tomou conta. Juntos vocês criam um mundo de vocês, com dinâmicas, programas e manias que podem ser estranhas pros outros, mas que pra vocês é perfeita. E a vontade de ficar sempre junto cresce tanto que vocês resolvem casar.
Casamento, casa e vida do jeitinho que os faz feliz e que vocês vão construindo a cada dia, com amor e dedicação em cada detalhe. Tudo parece perfeito e completo: você pra ele; ele pra você.
Aí, num belo dia, aparecem 2 tracinhos num palitinho e tudo muda. Aquele amor, que parecia o maior do mundo, se mostra capaz de crescer. A barriga aumenta e isso é motivo de comemoração por todos os lados. A casa muda, chegam novos móveis, reforma-se o que já estava lá; até o cheirinho muda. Não é mais você pra ele e ele pra você. A partir de agora, com amor e alegria sem igual, são vocês dois por ela. 
Uma manhã no parque, um casal que eu adoro e a barriga mais celebrada do scrapworld.
Estrela mesmo, dessas que chega chegando, para abalar estruturas, é assim. Tem estréia prevista e, na última hora, muda tudo. Hehehe!

sábado, 23 de junho de 2012

Marias de Deus

Era uma vez três Marias lindas, que vira e mexe aparecem por aqui. Três Marias que tem uma família incrível, que escolheu para elas padrinhos e madrinhas, que vão ajudar na missão de corujar, mimar e afofar essas três delícias. Agora foi a vez de oficializar o elo da Maria-segunda e da Maria-terceira com seus padrinhos, com direito a um padre divertidíssimo, famílias reunidas, amigos comemorando junto e muuuuita fofice!
A toalha usada foi a mesma do batizado do pai delas! Amei!


quinta-feira, 21 de junho de 2012

Contando história

A minha profissão me dá a possibilidade de ir além de trabalhar. Me abre portas para entrar para aquela família, tornando eternas as memórias daquele dia especial. Mais do que registradora de momentos, fotografar me torna uma contadora de histórias, cheia de responsabilidades. 
No meio da tensão e da ansiedade do grande dia, a memória perde um monte de detalhes pelo caminho. E é pelos meus olhos que eles vão lembrar daquele dia. Os filhos deles um dia vão querer saber como foi o dia em que o papai e a mamãe casaram. E é pelos meus olhos que essa história será contada.
Na ponta dos dedos e cheia de coração, na tentativa de eternizar todas as emoções. Porque, como diz um grande amigo meu, "enquanto mistura de realidade e emoção a fotografia não é arte. É magia.".
E assim, com o visual do Rio de Janeiro, duas famílias unidas em si e reunidas pelo amor desse casal, eu e minha parceira contamos essa história. De agora pra sempre, Carol e Dudu.